A ORIGEM DA RAÇA

O Staffordshire Bull Terrier foi, tal como o nome indica, desenvolvido na região Inglesa de Stafforshire durante o início século XIX, com o cruzamento de bulldogs e terriers.

Sendo parte Terrier e parte Bulldog, a raça foi desenvolvida com o objetivo de participar de lutas entre animais na Inglaterra. Em arenas, eram colocados os cães e depois selecionados os adversários.

Os Bulldogs enfrentavam o touro, tentando imobilizá-lo através de dentadas e outras investidas. Os Terriers competiam entre si para tentar matar o maior número de roedores possível num determinado intervalo de tempo. Na época, estas atividades eram legais e populares entre as várias classes. O Staffordshire Bull Terrier surgiu para poder desempenhar esses vários papéis.

Com a proibição destas atividades em 1835, a raça perdeu popularidade, tornando-se animal de estimação, sobretudo das classes trabalhadoras da região. Essas pessoas que iriam introduzir a raça nas exposições e estabelecer seu padrão. Contudo, a proibição do bullbaiting e da caça aos roedores, surgiu outro "esporte", mais barato e mais fácil de organizar: as lutas entre cães.

Foi devido à continuada utilização do Stafforshire Bull Terrier em lutas ilegais, que o aprimoramento e reconhecimento da raça tornou-se uma tarefa difícil e longa. Foram necessários 100 anos, desde a proibição das lutas, para que a raça fosse aceita (em 1936) pelo Kennel Club da Inglaterra.

Quando exportado para os Estados Unidos da América, o Staffordshire Bull Terrier ganhou uma renovada popularidade que lhe valeu o reconhecimento pelo American Kennel Club em 1978. Do outro lado do Atlântico, o Staffordshire Bull Terrier tornou-se mais robusto e mais alto, dando origem ao American Staffordshire Terrier.

Atualmente, o Staffordshire Bull Terrier é bastante procurado no Reino Unido, sendo a quinta raça mais popular no país, todavia em alguns países (como em Portugal), a raça pertence à lista de cães potencialmente perigosos, o que obriga os donos a tomarem medidas especiais em relação aos seus animais.