O que é um Criador?

Um Criador com "C" maiúsculo, e alguém que busca sempre aprender sem nunca chegar a saber tudo. Aquele que não descansa balanceando suas decisões entre a conveniência, consciência e compromisso. Um Criador é alguém que sacrifica seus interesses pessoais, financeiros, tempo, amizades e abdica de ter em sua casa tapetes e objetos de decoração bonitos. Deixa de lado seus sonhos de fazer um cruzeiro luxuoso em prol de estar nas exposições que lhe interessam e que caem justo no dias em que está em férias.

O Criador passa noites sem dormir, gastando horas planejando uma ninhada, apreciando ansiosamente o processo de um nascimento e passa noites em claro, atento a qualquer problema, esperando o resmungar dos filhotes.

Um Criador recusa um convite para jantar porque tem um parto a fazer ou porque tem que ajudar a dar de comer aos recém nascidos. Não lhe importam os fluidos desagradáveis que saem na hora do parto e não hesita se for preciso fazer respiração boca a boca em um recém nascido para salvar-lhe a vida, dando praticamente o sabor da vida a esta criatura desprotegida e terna que pode ser o ápice de toda a vida de seus sonhos.

O colo de um Criador é um lugar maravilhoso, onde gerações de campeões nobres e orgulhosos uma vez tiveram seu lugar.

As mãos de um Criador são fortes e firmes, muitas vezes temidas. Mas também gentis e sensíveis para perceber um nariz demasiado úmido, ou uma pele com a mais insignificante das lesões.

Os joelhos e costas de um Criador estão quase sempre doendo por agachar-se, ajoelhar-se e ficar de cócoras junto à caixa maternidade, mas são suficientemente fortes para permitir-lhe correr daqui para lá em uma Exposição, tratando de fazer daquele cachorro eleito, um grande Campeão.

Os ombros de um Criador estão às vezes cansados pelos abusos de seus competidores, mas são suficientemente largos para suportar o peso de mil derrotas e frustrações.

Os braços de um Criador estão sempre dispostos a limpar um desastre, a proteger uma montanha de cachorros ou a estender uma mão a alguém que se inicia.

As orelhas de um Criador são uma zona maravilhosa, às vezes roxas (por causa dos comentários contra ele ou por ficar com as mesmas apertadas ao telefone respondendo a chamados enquanto segue com as atividades do canil), suficientemente surdas às criticas mal-intencionadas, porém sempre com o ouvido afinado para perceber a queixa de um cachorro doente.

Os olhos de um Criador se irritam de tanto ler pedigrees buscando o cruzamento ideal. São, às vezes, cegos aos defeitos de seus próprios cães, porém de uma claridade incrível na visão dos defeitos a que se refere no dia das exposições e estão sempre em busca do cão perfeito.

O cérebro de um criador se confunde buscando o nome de uma pessoa, porém pode reproduzir os nomes de um pedigree mais rápido que o melhor dos computadores. Sabe tanto que às vezes chega a cansar: cataloga milhares de bons ossos, boas orelhas, cabeças e rabos perfeitos, enterrando no fundo de sua alma os defeitos e tudo aquilo que não lhe deu resultado.

Extraído do site www.blacklab.com.br