Pedigree: o que é e para que serve

Mais que um certificado de pureza racial, o pedigree é a certidão de nascimento de um cão. Nele são registrados o nome do filhote, a data de nascimento, a raça, a cor, o sexo, bem como o nome de seus pais, de seus avós e seus bisavós. Ficam também registrados nesta árvore genealógica os títulos de campeão ou similar que estes cães tenham conquistado.

O cão com pedigree é uma segurança para quem o adquire. No pedigree consta o nome do criador e a Entidade Cinófila que emitiu o documento, possui o cadastro do criador e todo seu histórico de criação.

Em caso de um criador inescrupuloso, seu nome, registrado no pedigree no campo criador, é público e passível de medidas judiciais, hoje, amparadas pelo código de defesa do consumidor, inibindo as ações maldosas de vender cães sem saúde e de pouca idade.

Os cães com pedigree costumam ser um pouco mais caros, porém não muito. As garantias que o criador passa a obrigar-se, com o registro do filhote, são inúmeras, perante a sociedade civil e perante as sociedades cinófilas, responsáveis pela emissão deste documento.

Excetuando-se os famosos e numerosos fabricantes de filhotes, que se intitulam criadores, vendendo suas crias muitas vezes antes mesmo do desmame, apregoando a verdade que quanto mais novo melhor para se adquirir um cão, pois é mais fácil de ensinar. Isto é pura mentira destes mercadores ou "gigolôs" de cães, pois a melhor idade para se adquirir um filhote é após os 60 dias de vida, quando o filhote já recebeu a primeira dose de vacina.

Os verdadeiros criadores se preocupam inclusive se a raça que criam se encaixa com o perfil da família que pretende adquirir um filhote de sua criação, orientando e dando todas as garantias, inclusive contratuais, ao pretenso comprador.

Lembre-se, na hora de comprar um filhote, de analisar, antes de tudo, qual a raça que melhor se afina com o ritmo de vida dos membros da família e principalmente, o histórico do criador onde irá comprar seu filhote. Evite comprar filhotes em esquinas e praças, ou mesmo em pet shops que não contam com veterinário assistente, presente na loja. Geralmente são cães de pouca saúde e certamente lhe causarão algum problema, passados alguns dias.

Extraído do site www.caniltileleza.com.br