Gameness - O verdadeiro significado

Seu Pit é Gameness? Antes de você responder e até mesmo para informar os mais leigos com relação ao Pit Bull, vamos analisar a definição de Gameness descrita pelo maior desenvolvedor da raça nos EUA, Sr. Richard Stratton:

Gameness representa a qualidade do cão de nunca desistir de alguma tarefa que tenha iniciado. É persistência, é nunca se render, mantendo o controle mesmo sob forte pressão e risco de vida, o que permite aprender novas técnicas durante a luta.

Pois bem, hoje em dia ouvimos várias pessoas dizendo que o seu Pit é gameness ou tem gameness, e isso tudo simplemente porque o Pit adora brincar sem parar, e tem muita vitalidade. Será que podemos dizer isso? Se pensarmos assim, um Poodle também pode ter gameness. E é claro que não!

O Gameness foi a base do desenvolvimento do Pit Bull nos EUA. Os Pits eram conhecidos por Gamedogs e só eram procriados os que demonstravam ter Gameness. Para demonstrar isso, o Pit era colocado na rinha para comprovar sua disposição em lutar. Colocava-se o cão contra um cão maior ou mais feroz e deixava-o tempo suficiente para saber se ele desistiria ou se rapidamente perdia o interesse. O cão que nunca desiste, mesmo correndo risco de vida, tinha gameness.

Analisemos agora a descrição de Richard Stratton sobre Fargo, um dos maiores Pits da época:

“Fargo é filho de Turtlebuster e um dos cães com a mordedura mais forte que já se viu em anos. Ele é um desses raríssimos cães que podem quebrar os ossos de outro Pit Bull”. Talvez a única questão sobre Fargo é sua coragem, porque nenhum cão foi capaz de dar a ele oposição suficiente para testar sua coragem ou Gameness. Como os antigos costumavam dizer, “Eu gostaria de ter visto um cão que pudesse verificar se ele tinha Gameness!” Talvez o maior tributo a Fargo foi dado pelo dono de seu oponente perdedor que disse, “Ele bateu no que eu sempre considerei que fosse um cão imbatível!”

Fargo foi considerado um dos melhores Gamedogs de todos os tempos, porém, nunca se soube se ele tinha gameness.

Pois bem, mas então com a proibição das rinhas nunca mais saberemos se um Pit é gameness ou não? É, talvez o teste dos Pits com esse gameness profundo de ter coragem até correndo risco de vida, os chamados cães deepgame, ficarão por conta dos grupos clandestinos que ainda praticam a rinha de Pit Bull ou países como Croácia onde isso é legal, mas felizmente com o surgimento de competições de esportes com o Pit, como escalada, saltos e puxadas de peso, talvez de uma certa forma o gameness esteja sendo preservado e testado. Até mesmo porque não são todos os cães aptos a escalar uma parede atingindo a marca de 4m de altura muitas vezes cansado e com a pressão da torcida gritando. Enfim, gostaria de aproveitar e elogiar os maiores organizadores de eventos deste tipo, a FBPG Federação Brasileira de Pit Gameness e a Extreme Dogs. Mas falaremos disso num próximo artigo.

Por Jonas Jeremias

Baseado em textos históricos de Richard Stratton.

Atenção: Rinha de cães no Brasil é CRIME.